TESTE BANNER

.

EMPRESAS

Tradutor

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Mais novidades para este segundo semestre

Temos mais novidades para o ano de 2014! Informamos que nosso site será reformulado!

O Jardim Botânico, através da parceria com a empresa SOMMA AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO, está desenvolvendo uma reformulação no site do Jardim Botânico. 

A SOMMA, que elaborou o primeiro site do Jardim Botânico, agora está empenhada em trazer ao público um novo layout e uma forma mais atual desta forma de mídia.

Os sites são uma forma de contato muito importante, pois trazem informações que auxiliam os visitantes , pesquisadores e publico em geral de maneira ágil e completa. Durante os últimos anos o site do Jardim Botânico atingiu de maneira significativa várias cidades do Brasil e de outras regiões do mundo.

Confiram abaixo a foto da equipe SOMMA COMUNICAÇÃO


Acessem o Site da empresa SOMMA: http://www.agenciasomma.com.br/ e conheça mais sobre o nosso parceiro.





sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Conhecendo as plantas do Jardim Botânico: Flores do Jardim Botânico

Eritrina florida

Estamos nos aproximando do final do inverno com muitas plantas floridas em nosso Jardim Botânico. A planta desta postagem é a Erythrina dominguezii.


É uma árvore popularmente conhecida como: eritrina, mulungu corticeira, bico-de-papagaio, bituqueira e feijão-bravo. É uma espécie caducifólia, ou seja, que perde suas folhas durante o inverno, período em que começam a ser formados os botões florais.

Na região de Bauru, no final do inverno e início da primavera, o mulungu fica coberto por densas inflorescências, formadas por flores vermelho-alaranjadas, nunca totalmente abertas, muito atraentes e vistosas. Na época de intensa floração, aves (como periquitos) aparecem em bandos à procura do néctar. Além das aves, a abundância de néctar floral atrai também insetos, principalmente abelhas e formigas.

Apesar de jovem já apresenta muitas flores
É uma planta com grande potencial ornamental, sendo recomendada para ser usada em projetos paisagísticos de praças, avenidas e praças, além de recomposição de áreas naturais.

Existem cerca de 115 espécies de Erythrina que ocorrem nas regiões tropicais e subtropicais do mundo. Na América do Sul há 12 espécies endêmicas. 

O nome Erythrina vem do grego erythros (erythros) que significa vermelho, referente à cor das flores.
Já o nome popular mulungu vem do tupi-guarani, mussungú ou muzungú e do africano mulungu, significando “pandeiro”, devido ao som emitido pelo seu tronco oco.

Embora elas não estejam totalmente adultas, elas já apresentam um destaque na paisagem do Jardim Botânico quando estão com flores. Em nossa coleção, até o momento, temos seis exemplares de três procedências distintas de nosso município.

Flores são atrativas para insetos e aves.
Venha neste fim de semana conhecer as eritrinas. Aproveite para passear pelo Jardim Botânico.


quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Conhecendo as plantas do Jardim Botânico - Flores no inverno

Mês de agosto, estamos no inverno. Mas quem disse que nesse período não encontramos flores e que a paisagem fica menos atrativa?

Aqui no Jardim Botânico podemos observar várias espécies que se encontram floridas, enfeitando nossas coleções na estação mais fria do ano. Como exemplo podemos citar a rotala e as ninféias, que habitam nosso Lago de Plantas Aquáticas.

A rotala é uma planta nativa do sudeste asiático,  crescendo em campos alagados de arroz e florescendo no inverno e primavera. Forma uma moita compacta e suas inflorescências possuem flores pequenas e lilases, que atraem muitas abelhas, devido ao seu odor agradável. É muito utilizada em aquarismo.




As ninféias são plantas aquáticas comuns no mundo todo, com exceção de locais áridos e de grande altitude. São conhecidas também como nenúfares. São muito utilizadas no paisagismo de lagos ornamentais e possuem uma variedade de cores. 

No antigo Egito era considerada uma planta sagrada,  apreciada não apenas pelo seu cheiro agradável, mas também pelas suas qualidades curativas.






Venha neste fim de semana visitar o Jardim Botânico e aproveite para apreciar as belas flores e nossas paisagens!!!!

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Exposição de fotos e desenho no Jardim Botânico

Como resultado dos cursos de desenho e fotografia para crianças, o Jardim Botânico apresenta uma exposição dos trabalhos das crianças. 

As fotos expostas são fruto do curso de fotografia para crianças "Fotobrincando no Jardim Botânico" que ocorreu na última semana das férias da criançada e foi ministrado pela professora Paula Machado. Além da exposição de fotos, os visitantes também encontraram na entrada do Centro de Educação Ambiental um grande mural com os desenhos das crianças que participaram do curso de desenho, orientadas pelo professor Jerry Graciano.


Monitores do Curso de Desenho: Nadia, Maria Eduarda, Vinícius e Prof. Jerry .

Exposição de Desenho no Centro de Educação Ambiental

Visitante observando a exposição de fotografia
Gostou dos porta retratos? Você também pode fazer em casa de um jeito simples, rápido e divertido. 


Você vai precisar de:
  • 3 galhos secos
  • Verniz para madeira
  • Pincel
  • Corda de sisal

Os galhos não precisam ter exatamente a mesma medida, mas o tamanho não pode variar muito para que o porta-retrato não fique torto.


O primeiro passo é envernizar os galhos e esperar que eles sequem bem.


Depois de secos, enrole o sisal no primeiro galho. Dê três ou quatro voltas e faça um nó. 



Coloque o segundo galho acima. Meça uma distância considerável para que caibam duas ou três fotos e repita o procedimento enrolando o sisal sempre por trás do galho, como na foto baixo.






Repita o procedimento com o terceiro galho.

Terminado o primeiro lado, comece o mesmo procedimento do lado oposto, de cima pra baixo. Lembre-se de deixar um pouco de corda entre os dois lados para que depois você possa pendurar seu porta-retrato.




Continue o processo até o último galho e pronto! Veja o resultado:




Você também pode usar fio de nylon ao invés de sisal para conseguir um efeito diferente. As fotos irão parecer que estão flutuando.




Venha conferir as exposições no Centro de Educação Ambiental e se inspire pra tirar fotos e desenhar no Jardim Botânico.

As exposições permanecem até o final do mês de agosto. Venham conferir!