TESTE BANNER

.

EMPRESAS

Tradutor

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

PALESTRA E VIVÊNCIA "Arquitetura Ecológica e Biologia da Construção: princípios da arquitetura saudável e biológica em projetos".


No dia 01/09 (sábado), às 9h será realizada a Palestra "Arquitetura Ecológica e Biologia da Construção: princípios da arquitetura saudável e biológica em projetos".


A palestra será ministrada pelo Arquiteto Welton Santos e abordará os aspectos históricos da arquitetura, do período neolítico à arquitetura ecológica contemporânea. Uso de monumentos pré-históricos e estruturas de rocha para o equilíbrio das frequências energéticas do solo (lithopuntura ou geopuntura). 

Também serão exploradas como as sociedades humanas se utilizavam da filosofia, por meio de critérios de observação e análise do ambiente para o desenvolvimento da Ciência “Terra viva”. A importância da busca pelo equilíbrio na paisagem, por meio da utilização agrícola, criação, construção, materiais adequados, que proporcione bem-estar biológico nos ocupantes e melhor interação com o padrão do meio ambiente.

Ao final da palestra será realizada uma vivência em grupos, pelo Jardim Botânico, sobre a influência dos elementos naturais presentes na paisagem na vida dos organismos. Será realizada também a entrega do projeto de Lithopuntura do Jardim Botânico de Bauru.

Público-alvo: Profissionais e estudantes de Engenharia e Arquitetura.
Vagas: 50 pessoas
Dia: 01 de Setembro de 2018
Horário: 9h às 12h
Local: Centro de Educação Ambiental Jardim Botânico de Bauru 
Inscrições: pelo site do Jardim Botânico www.jardimbotanicobauru.com.br
Taxa de inscrição: R$ 10,00 (a ser paga no dia e local do evento)


SOBRE O PALESTRANTE

Welton Santos é Arquiteto e Urbanista formado pela UNISANTOS. Tem especialização em Paisagem Urbana e Rural pela USP de São Paulo. Lecionou na Escola Tecnologia de Arquitetura Portugal (Arquitetura Primitiva). 

É consultor certificado Vastu Shatra (Nova Delhi); Agente Socioambiental Urbano (SP); Consultor de Geobiologia (SPN), Consultor Desempenho Patologia em Edifícios (USP), Perito no Tribunal Judiciário em Arquitetura (SP), Agenda 2030 e ODS (ONU).



SOBRE O TEMA

A construção e ocupação de espaços equilibrados com o meio que nos cerca é uma prática que data de 18.000 anos antes de Cristo, já realizada pelos Sumérios e Etruscos. Nossos ancestrais buscavam o equilíbrio com o ambiente como forma para combater moléstias, aumentar a fertilidade dos solos, melhoria da qualidade fertilidade nos rebanhos e plantações. Para criar espaço, qualidade de vida, conforto na moradia dos seres humanos, também é necessária a investigação e o entendimento biológico do ambiente local e entorno sem impacto no sistema ambiental. 

Na atualidade, a busca do equilíbrio nas habitações ou espaços para os seres humanos no meio ambiente biológico e saudável envolve diversas áreas do conhecimento, sendo mundialmente difundida e reconhecida como: Biologia da Construção (Alemanha), Geobiologia (Espanha, Inglaterra e França), Vastu Shastra (Índia); Arquitetura Ecológica (EUA, Canada e Suécia); e Arquitetura Verde (Itália e Suíça).

  Stonehenge na Inglaterra: monumento usado para marcar o tempo e as estações. A vida dos povos agrícolas está ligada ao ciclo das estações, e o homem pré-histórico precisava demarcar o tempo para saber quais eram as melhores épocas para colheita e semeadura. O monumento sagrado permitia estas medições.











quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Escola Criarte se torna parceira do Jardim Botânico

No mês de agosto ganhamos mais um parceiro, através do Projeto "Amigos da Natureza" -  Escola Criarte. 

Esta parceria nasceu de uma grande amizade entre a Escola e o Jardim Botânico por meio da Educação. Tradicionalmente os professores da Criarte procuram o Jardim Botânico para o desenvolvimento de aulas de campo com seus alunos. A partir destas aula surgiram diversos projetos educacionais que proporcionaram muito conhecimento e aprendizado. 

A escola Criarte foi criada em 1983, inicialmente com o nome Centro Cultural Educacional Criarte. A metodologia de ensino da Escola está baseada na proposta sócio construtivista, ou seja, o objetivo é levar o aluno a explorar e descobrir todas as suas possibilidades, traçar seus objetivos, fazer relações de tempo e espaço e através disso, desenvolver a sua capacidade de observar, descobrir e pensar. As atividades são programadas para inserir o conteúdo de forma que o mesmo faça sentido no mundo real.


Conheça um pouco mais deste nosso novo parceiro acessando o site: 







O Jardim Botânico agradece e se sente privilegiado com essa parceria que contribuirá nos projetos de conservação, educação e pesquisa. 

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

EXPOSIÇÃO "DESENHOS DO CERRADO" NO JARDIM BOTÂNICO

No último sábado, 11/08, o Jardim Botânico Municipal de Bauru inaugurou a nova Exposição denominada "Desenhos do Cerrado", elaborada por alunos do 6º ano do Colégio Criarte. A inauguração contou também com a entrega de certificados para os alunos. 


Alunos segurando os certificados de participação e professoras do Colégio Criarte

A exposição foi um sucesso e contou com a presença dos artistas mirins e seus familiares, além das professoras Cristina Biazon, Tathiane Aline e Lígia Maria Ramaeh
, responsáveis pelos alunos e coordenadoras da atividade.


professora Lígia explicando sobre a importância do desenho para a criança.
Vejam alguns artistas e suas obras.

          

          


A ideia da realização de uma exposição de desenhos do cerrado surgiu após visitas de estudo dos alunos ao Jardim Botânico Municipal de Bauru. Os colaboradores do Jardim Botânico, que prestigiaram os desenhos em uma feira de ciências, sugeriram que as obras fossem expostas no Jardim Botânico.


O Jardim Botânico agradece aos alunos e seus familiares, às docentes Cristina Biazon, Tathiane Aline e Lígia Maria Ramaeh e à diretora Patrícia pela excelente parceria que tornou possível a realização deste incrível trabalho.


Venha conhecer e prestigiar a exposição e, encante-se com as belas obras dos pequenos-grandes artistas.


sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Exposição de Desenhos do Cerrado no Jardim Botânico

À partir desse sábado, 11/08, o Jardim Botânico Municipal de Bauru contará com a Exposição "DESENHOS DO CERRADO", realizada a partir de paisagens do Cerrado, elaborados por alunos do 6º ano do Colégio Criarte. Os desenhos foram o resultado de muito estudo e dedicação dos alunos após a parceria entre escola e o Jardim Botânico Municipal de Bauru para estudo do Bioma Cerrado.

Foto dos alunos, autores da exposição, com um dos exemplares ao fundo.

Os desenhos fizeram parte de um projeto de estudos da Escola Criarte para o ensino do Bioma Cerrado Os alunos fizeram ilustrações a partir de fotos do livro fotográfico "De olho no Cerrado", onde cada aluno escolheu algumas imagens do livro e representou de acordo com seu olhar, sensibilidade e conhecimento. 

Desenho de Algodão-do-Cerrado baseado na foto da página 62 do Livro Fotográfico "De Olho no Cerrado".
Os desenhos foram realizados na aula de Artes, utilizando técnicas de pontilhismo, carvão e aquarela.
Pau-de-leite ilustrado em carvão.
Inflorescência em aquarela.
Bromélia epífita através da técnica de pontilhismo.
Venha conhecer nossa nova exposição e se impressione com as cores do olhar espontâneo das crianças. Agradecemos às professoras, à direção e aos alunos da Escola Criarte pela dedicação neste belíssimo trabalho.

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Ações da Campanha Educacional “Eu Curto Sagui”: Curso de Férias, Polícia Ambiental e Festa Viva Bauru

No mês de julho o Jardim Botânico realizou mais ações sobre a campanha educacional “EU CURTO SAGUI: ele lá, eu aqui”.

Curso de férias tem como tema a campanha: "Eu Curto Sagui: ele lá, eu aqui"

Neste mês de julho o Curso de Férias "Minhas Férias no Jardim Botânico" dedicou um momento especial para a campanha "Eu Curto Sagui". Foi apresentado um teatro para as crianças seguido de uma palestra educativa. Ao final as crianças elaboraram máscaras dos saguis e orientaram os visitantes sobre a importância de não oferecer alimentos e nem ter contato com os animais.








Campanha é apresentada para Polícia Ambiental

No dia 25 de julho a Equipe de Educação do Jardim Botânico, apresentou a campanha, por meio de um encontro, para todo o efetivo da II Companhia de Policiamento Ambiental de Bauru e Região. Para a Polícia Ambiental, a Educação Ambiental é importante, pois é considerada ação de prevenção primária. Desta forma, o Jardim Botânico colaborou esclarecendo algumas questões sobre o comportamento do sagui, doenças que podem ser transmitidas e os problemas causados pela alimentação e o contato com os humanos. Com essa parceria, a Polícia Ambiental poderá contribuir orientando a população sobre a importância de não oferecermos alimentos e nem termos contato com os saguis. Agradecemos ao Capitão Nilson César Pereira e ao Cabo Leandro Marcomini por possibilitar esta divulgação.




Eu Curto Sagui na Festa Viva Bauru

Nos dias 28 e 29 de julho e no dia 01 de agosto o Jardim Botânico esteve presente na festa “Viva Bauru” em comemoração aos 122 anos da cidade. No stand do Jardim Botânico a Campanha Educacional “EU CURTO SAGUI: ele lá, eu aqui” conseguiu alcançar mais de 100 crianças, que puderam brincar e aprender por meio de um jogo da memória, elaborado pela Equipe de Educação e um banner explicativo sobre a campanha. O jogo fez sucesso entre as crianças e suas famílias, que saíram de lá sabendo sobre a importância de não alimentar e nem ter contato com os saguis.