TESTE BANNER

.

EMPRESAS

Tradutor

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Jardim Botânico ganha mais um parceiro

Neste mês de julho a empresa Jaguacy Brasil tornou-se parceira do Jardim Botânico de Bauru através do projeto "Amigos da Natureza".

A Jaguacy Brasil administra uma área de produção de 1.000 hectares, entre própria e de produtores associados, a Fazenda Jaguacy, localizada na cidade de Bauru/SP produz e exporta abacate Avocado. É uma das principais produtora e exportadora brasileira de abacate Avocado. Atua no mercado nacional e internacional há quase 40 anos, exportando para mais de 20 países e distribuindo para 20 estados brasileiros.

Sempre em busca de inovações, esse ano a instituição colheu sua primeira safra de Avocado Orgânico. Após anos de preparo e de controle no campo para alcançar a certificação, a Jaguacy obteve o selo Orgânico pelo IBD, único instituto brasileiro certificador aceito no mercado internacional. Com este selo a empresa é a primeira produtora brasileira a produzir Avocado Orgânico no Brasil, em escala comercial.

O Jardim Botânico se sente privilegiado com essa parceria que contribuirá nos projetos de conservação, educação e pesquisa.




quinta-feira, 13 de julho de 2017

O projeto "Yoga na Praça" chegou no Jardim Botânico

O projeto "Yoga na Praça" organizado pela Secretária Municipal do Meio Ambiente de Bauru , (SEMMA) foi realizado no sábado, dia 08 de julho, no Jardim Botânico.

Esse projeto acontece uma vez por mês e tem como objetivo apresentar a atividade de Yoga para as pessoas que vivem nos bairro mais distantes do centro da cidade. Em cada mês é escolhido uma praça da cidade para desenvolver a atividade de Yoga. No mês de julho o Jardim Botânico foi contemplado com o evento.

Foi uma manhã de sábado relaxante que terminou com a confraternização de todos.

Abaixo alguns momentos da atividade:










quinta-feira, 6 de julho de 2017

Curso “Terapia da floresta” é realizado no Jardim Botânico

No sábado, 01/07 foi realizado no Jardim Botânico o curso “Terapia da Floresta: banho de floresta no cerrado”, ministrado pelo monitor Welton Santos (Esp. Arquiteto e Biólogo da Construção).

Durante a manhã de sábado o monitor explorou a importância do contato com as áreas naturais e seus benefícios. Welton também apresentou a importância do conhecimento dos elementos naturais presente no ambiente urbano e de que forma estes elementos exercem influências positivas e negativas em nossa saúde. No segundo momento Welton convidou os participantes a explorarem o arboreto do Jardim Botânico para exercitar esse contato com a natureza. 

Sentir a espessura da casca, a temperatura das folhas, caminhar descalço no gramado e doar um abraço para uma árvore foram algumas experiências durante o curso.