TESTE BANNER

.

EMPRESAS

Tradutor

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Levi Ramiro retorna ao Canto no Botânico

O projeto "Um Canto no Botânico" traz neste domingo, dia 09 de outubro, um ótimo espetáculo. Mais uma vez, para deleite do público, Levi Ramiro participa do projeto. Violeiro, cantador e contador de "causos", há muitos anos se apresenta por todo o Brasil divulgando a música regional. O artista tem uma estreita relação com o instrumento, emociona o público, que o acompanha em algumas canções. Um banho de brasilidade que inunda a alma com a deliciosa sonoridade da nossa música de raiz. Não deixe de comparecer. Neste domingo, dia 09 de outubro, às 10 horas da manha, na Praça dos Bambus do Jardim Botânico Municipal de Bauru. O show de música é gratuito.
Levi Ramiro é natural de Pirajuí e como músico instrumentista participou da gravação de CDs como: “Eu plural” (Tribo terra), “Vida de vaqueiro” (Geraldo do Norte), “Razão da raça rústica” (Matuto moderno), “Folias do Brasil” (Dércio Marques), “As liras pedem socorro” (Socorro Lira), “Sentimento matuto” (Júlio Santin), “Que eu traga na canção” (Ana Person), “Comendo vento com sal” (Paula Velozo), Canto das horas (Adriano Rosa). Tem composições gravadas nos CDs: “Avarandado” (Ana Salvagni), “Razão da raça rústica” (Matuto moderno), “Sentimento Matuto” (Júlio Santin), “Folias do Brasil” (Dércio Marques), “Na paleta do pintor” (Tânia Grinberg) e “Raiz do bem” (Jorge Curuca), “Canto das horas” (Adriano Rosa).
Em 2011, em Belo Horizonte, Levi foi um dos ganhadores do prêmio nacional "Rozini de Excelência da Viola Caipira", na categoria Violeiro Solo. Trata-se de um importante prêmio nacional que contempla 23 categorias relacionadas à viola caipira.

Nenhum comentário: