TESTE BANNER

.

EMPRESAS

Tradutor

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Nelson Itaberá é atração deste domingo no Projeto “Um Canto no Botânico

No dia 27/10, domingo, às 10h, teremos no Jardim Botânico Municipal de Bauru o show "Linguagens", com Nelson Itaberá, como mais uma atração musical da 5ª Edição do Projeto “Um Canto no Botânico”.
Nelson Itaberá traz no seu repertório, sambas e cancioneiros regionalistas, todos de sua autoria. O artista, que além de compor e interpretar, também terá a companhia dos músicos Josiel Rusmont (violão de aço), Chiquinho Garcia (baixo), Juninho Felício (teclado) e Henrique Oliveira (percussão).
Para este show, o músico declara: "O público poderá conferir os timbres e construções verbais do CD Linguagens, recém lançado. A atmosfera ao ar livre proporciona uma combinação singular para a apresentação da proposta de discutir a relação humana com a natureza, urbanização e as aflições sobre a vida. Vamos para o Botânico para experimentar a troca de energia entre público e sons que o projeto costuma oferecer, celebrando a vida através da música".
O Projeto “Um Canto no Botânico” chega aos cinco anos de existência com grande aceitação pelo público, mantendo seu objetivo de unir boa música, pessoas e natureza. Todas as atrações são escolhidas de forma a agradar aos frequentadores bem como respeitar o ambiente natural.        
Além da apresentação musical, o público presente pode desfrutar do espaço do Jardim Botânico que conta com diversos atrativos tais como o orquidário, viveiro de plantas, trilha ecológica, Recinto da samambaia, Jardim Sensorial, Herbário, Projeto Livro Livre (troca de livros) e o sossego propiciado pelo local. A entrada é gratuita e o Jardim Botânico está localizado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, km 232, Jardim Tangarás.

O trabalho musical de Nelson Itaberá

 O CD “Linguagens” é definido pelo autor como uma experimentação sobre as variadas formas de utilização da linguagem a serviço da reflexão. "É um trabalho de pesquisa, onde aproveito o universo acadêmico da formação em jornalismo para penetrar no universo da língua portuguesa. Um experimento de sons e formas que tenta valorizar nossa língua, nossa cultura. Uma mistura de morfologia, figuras de linguagem e, claro, metáforas, para discutir os temas urbanos e rurais que apropriei ao longo do tempo, seja nos 20 anos de redação no Jornal da Cidade, seja na infância e adolescência vividas no meio rural, em Itaberá, onde nasci", aborda o compositor.
Diferenciada da produção “Pedra Brilhante”, bastante emocional e onde o autor define que invocou suas memórias de família, o CD Linguagens o apresenta a experiência do jornalista para burilar palavras e, através da chamada ressignificação, transformá-las em harmonias brasileiras. "O CD tem baião misturado com levada de tango, tem variações de MPB. Continuo insistindo com o samba canção que tanto gosto e apresento novas produções regionalistas, para valorizar a cultura do campo, de minhas origens", explora Itaberá.
Apreciador de crônicas e poesias, o compositor espera convidar o público a passear no universo das linguagens, com uma boa prosa intercalando as canções. "Se sentir no clima da plateia, a troca de informação sobre o universo linguístico do trabalho, não hesitarei em apresentar versos, sobretudo na crônica", coloca Itaberá.





Nenhum comentário: