TESTE BANNER

.

Tradutor

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Jardim Botânico inicia campanha educacional “Eu curto sagui: ele lá, eu aqui”

No mês de março o Jardim Botânico iniciou a campanha educativa “Eu curto sagui -  Ele lá, eu aqui”. A campanha tem como objetivo orientar a população para não oferecer alimentos e nem ter contrato com  os saguis que habitam áreas naturais próximas ao ambiente urbano. Esta ação começará no Jardim Botânico e futuramente se estenderá para locais onde estes animais ocorrem.
Slogan da campanha educativa.
Realização: Empório Mais - comunicação integrada

       
As ações educativas da campanha

A campanha foi iniciada com um treinamento oferecido aos funcionários do Jardim Botânico, para que os mesmos possam orientar a população visitante do local.


Treinamento com os funcionários do Jardim Botânico.

Foi instalado um banner informativo na área de piqueniques do Jardim Botânico para fornecer informação sensibilizar o público sobre a importância de não oferecer alimentos e nem ter contato com os saguis.

Banner na área destinada aos piqueniques.

Para contribuir com a informação serão distribuídos folders para os visitantes que realizam piqueniques no Jardim Botânico.


Modelo do folder.

Além desta ação local, a campanha será ampliada e pretende levar informações à toda a comunidade bauruense por meio de divulgação nas escolas, jornal, rádio, internet.  

Parceiros da campanha

A campanha “Eu curto sagui - Ele lá eu aqui” é uma iniciativa do Jardim Botânico Municipal de Bauru e tem a parceria do: Lions Clube Bela Vista; Empório Mais: comunicação integrada; Le Postiche e Lume Light: comunicação visual.

Por que não devemos alimentar os saguis?

No nosso município, a proximidade das áreas urbanas com os fragmentos florestais proporciona o contato da população estes animais. As pessoas oferecem alimentos e acabam causando alteração no comportamento dos saguis, além do desenvolvimento de doenças nos animais como diabetes e problemas renais.

O contato com o ser humano favorece também a transmissão de doenças para o sagui, como por exemplo a herpes humana (letal para o animal) e a transmissão de doenças para o ser humano como a raiva e hepatite.

Ao deixar de oferecer comida para estes animais estaremos protegendo seus hábitos naturais e sua saúde.

Foto: Silvio Serrano


Nenhum comentário: